Os três cenários de Adriano

March 9, 2010
por Paulo Vinicius Coelho

Para quem não entendeu, ou não quis entender, ou não viu o que foi dito no Bate Bola Primeira Edição desta segunda-feira, segue exatamente o que penso sobre o caso Adriano, em relação aos três cenários em que isso pode ter influência:

1. ADRIANO CIDADÃO
Preocupa.
Independentemente do que possa acontecer com o jogador, independentemente até mesmo dos problemas que Adriano tenha com o álcool, como disse Marcos Braz, preocupa alguém que tenha tanta intimidade com o poder paralelo, no morro, a ponto de levar amigos e seus carros importados mandando que nada os importune. Uma hora isso pode ser virar contra ele.
Nem se fala sobre o amigo Bruno e sua declaração desastrada sobre a relação de seus amigos com suas mulhres.

2. ADRIANO E O FLAMENGO
Está errado.
Evidente que o Flamengo tem tudo a ver com isso. Se Adriano faltou ou chegou atrasado a onze treinos, em dois meses, não está se portando como profissional. Se está com 106 quilos, 8 acima do peso, não está se dedicando. Isso é passível de multa, afastamento, o que quer que seja.

3. ADRIANO E A SELEÇÃO
Nada aconteceu.
Dunga nunca se referiu a problemas particulares de jogadores para justificar suas ausências.
Adriano pode ser afastado da Seleção diante de alguns acontecimentos:
a) se seguir jogando mal.
b) se apresentar-se acima do peso — nesse caso, pode ser cortado mesmo depois de convocado.
c) se os problemas particulares aconteceram durante sua passagem pela Seleção.

Mas Adriano é importante para a Seleção. Sem Ronaldinho, é o único jogador do banco de reservas capaz de mudar o rumo de uma partida, em teoria, único que não tem jeito de coadjuvante. É importante ser um dos reservas na Copa, ainda que não esteja no melhor de sua forma.
Claro, desde que nenhuma das questões acima esteja em jogo.

Até agora, não estão. Por isso, o episódio do complexo do Alemão não tem, nem deve ter, interferência em sua vida na Seleção.


Os Três Gigantes Brasileiros!

July 20, 2009

atacantes

Logo que voltaram ao Brasil, houve muita conversa de que o Futebol Brasileiro estava ganhando força no mercado. Porém há quem diga que na verdade estes 3 jogadores só voltaram para tentar refazer suas carreiras já que não estavam sendo bem vistos na Europa.

Fred, Adriano e Ronaldo, tiveram estavam presentes na última Copa, e eram esperança de gols para aquele Brasil que foi eliminado pela França.

Os três tiveram festas monumentais em seus atuais clubes, e tentam responder com gols e boas atuações, suas contratações.

O único que não justifica a festa da chegada é Fred, autor de 9 gols em 19 jogos. Adriano é o dono da melhor média até agora (0,77), mas fez três de seus sete gols de pênalti. Ronaldo marcou duas vezes de pênalti — e desperdiçou uma cobrança. Em número de vezes que foi à rede, Ronaldo é o melhor. Fez 17 gols em 25 partidas.

Abaixo uma análise rápida dos 3 atacantes.

De todos, na sua opinião, quem valeu mais o investimento?

Minha Opinião é Ronaldo.

ADRIANO
9 JOGOS
7 GOLS
MÉDIA – 0,77

RONALDO

25 JOGOS
17 GOLS
MÉDIA – 0,68

FRED

19 JOGOS
9 GOLS
MÉDIA – 0,47