Após susto, Cruzeiro goleia Colo-Colo e reage na Libertadores

February 25, 2010

Depois de encontrar dificuldade no primeiro tempo e ser ameaçado pelo adversário, o Cruzeiro deslanchou na etapa final e goleou o Colo-Colo, por 4 a 1, nesta quarta-feira, no Mineirão, e reabilitou-se na Copa Libertadores. O time mineiro somou os três primeiros pontos e assumiu a vice-liderança do grupo 7, superando o time chileno nos saldo de gols.

O Cruzeiro, que estreou na fase de grupos com derrota para o Vélez Sarsfield por 2 a 0, conseguiu reagir diante da torcida.

Assim que a bola rolou no Mineirão, o Cruzeiro partiu para cima do adversário e conseguiu abriu aos 7min. Thiago Ribeiro recebeu de Henrique na área e chutou cruzado, sem chance para o goleiro Prieto. O Colo-Colo não se entregou e passou a jogar nos contra-ataques, com perigo.

Aos 14min, Miralles teve a chance de empatar a partida, mas desperdiçou uma oportunidade frente a frente com o goleiro Fábio. O Cruzeiro manteve o ritmo e criou chance para ampliar, como aos 19min, em que Thiago Ribeiro quase marcou o segundo, depois de se livrar o marcador e bater para a defesa de Prieto.

Na metade do primeiro tempo, o Cruzeiro sofreu uma baixa. O volante Elicarlos reclamou de uma contusão na perna esquerda e não conseguiu permanecer em campo. Adilson Batista optou por Pedro Ken para substituí-lo.

Aos 36min, o Colo-Colo chegou ao empate. Depois de vacilo do lateral Jonathan pela direita, os chilenos roubaram a bola e Miralles cruzou para Paredes, livre na área, só tocar para o gol de Fábio, que nada pôde fazer no lance.

No segundo tempo, o Cruzeiro partiu para a pressão, mas enfrentou forte marcação do time chileno, que saía apenas nos contra-ataques. Aos 12min, o Colo-Colo ficou com um jogador a menos. Olate recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Três minutos depois, o Cruzeiro voltou a pular à frente no placar. O árbitro colombiano Oscar Ruiz marcou pênalti de Magalhães, que acabara de entrar, em Leonardo Silva. Kléber cobrou e marcou. O goleiro Prieto ainda tocou na bola, mas não evitou o gol celeste.

Na metade do segundo tempo, o Colo-Colo ficou com dois jogadores a menos, com a expulsão de Cereceda, que havia recebido o cartão amarelo ainda na primeira etapa.

O Cruzeiro aproveitou a vantagem e partiu para cima do adversário. Aos 23min, Pedro Ken pega uma sobra na área, gira e chuta para ampliar. Três minutos depois, Kléber voltou a marcar de pênalti, sofrido pelo próprio atacante em lance com Millar.

CRUZEIRO 4 X 1 COLO-COLO

CRUZEIRO
Fábio; Jonathan, Leonardo Silva, Thiago Heleno e Diego Renan; Elicarlos (Pedro Ken), Henrique (Bernardo), Marquinhos Paraná e Roger (Wellington Paulista); Kléber e Thiago Ribeiro
Técnico: Adilson Batista

COLO-COLO
Prieto; Olate, Scotti, Toro e Roberto Cereceda; Meléndez, Aránguiz, Millar e Macnelly Torres (Magalhães); Paredes (Sanhueza) e Miralles
Técnico: Hugo Tocalli

Data: 24/2/2010 (quarta-feira)
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Óscar Ruiz (COL)
Auxiliares: Abraham González (COL) e Humberto Clavijo (COL)
Público: 32.927 pagantes
Renda: R$ 783.826,25
Cartões amarelos: Olate (2), Scotti, Roberto Cereceda (2), Magalhães, Sanhueza (Colo-Colo); Thiago Ribeiro, Henrique, Marquinhos Paraná (Cruzeiro)
Cartões vermelhos: Olate, Cereceda (Colo-Colo)
Gols: Thiago Ribeiro, aos 7min, Paredes, aos 36min do primeiro tempo; Kléber, aos 16min, Pedro Ken, aos 23min, Kléber, aos 26min do segundo tempo


Não tem motivo para tanta revolta!

August 10, 2009

corinthians

Corinthiano que sou, estou acompanhando atentamente a queda de produção do time do Parque São Jorge, e eu realmente não entendo esses torcedores que se dizem apaixonados pelo clube.

Como diz o conto popular, torcedor tem memória curta, e por isso já esqueceu que no primeiro semestre de 2009 o Corinthians foi considerado o melhor time do Brasil, com o melhor técnico e com a torcida dando exemplo de motivação. Agora que a esta fase passou e que o clube precisa da compreensão de seus torcedores, não tem!

Vamos raciocinar um pouco para tentar entender…
FATO 01:
O futebol brasileiro sempre sofreu com perda de jogadores por conta de seu calendário! O Corinthians não é o primeiro e não será o último a perder importantes jogadores no meio da temporada enquanto o calendário continuar diferente do resto do MUNDO!

FATO 02:
Quais os times brasileiros que escutamos falar que esta com todas suas contas em dia e que tem uma situação financeira completamente tranqüila, e que esta pronto para fazer grandes investimentos em jogadores? NENHUM! Todos os times sofrem para pagar suas contas, alguns administram melhor a situação que outros, como o Internacional, São Paulo e agora o Palmeiras. Mas nenhum time tem sua vida financeira tranqüila, por isso, o time PRECISA (sim é uma necessidade) fazer CAIXA! Isso significa que se não tem lucro vendendo pacotes de ingressos no começo da temporada (como os europeus), então precisamos VENDER nossos craques para pagar as contas dos cabeças de bagre que ficam.

Só estar 2 razões já da para entender completamente a situação de Corinthians e Cruzeiro. Sim, o Cruzeiro também esta passando por um desmanche, pois vendeu Ramires, Wagner e agora esta prestes a fechar negócio na venda de Kleber. Ou seja, é normal!

Resta ao torcedor brasileiro pixar muros e ficar revoltado com a CBF, que não muda o calendário, ai cobrar a diretoria do clube. Mano Menezes já tentando administrar a situação, mas é difícil. Vamos entender e dar apoio. O clube promete formar um grupo forte para a libertadores, isso não significa um time de “galáticos”, mas um time bem montado.

Paciência Corinthiano, tudo que esta acontecendo é completamente normal!


Você lembra do Foquinha?

July 7, 2009

kerlon-moura-souza_79889

O Cruzeiro lançou Kerlon, o “Foquinha”, lembram dele?

Pois é, ele esta de volta, porém, agora ele esta na Itália. onde? Na poderosa Inter de Milão!

O meio-campo brasileiro trocou o Chievo Verona pela Inter de Milão.

Segundo o site do atual campeão italiano, o jogador, de 21 anos, assinou por três temporadas. Na última campanha, atuou em apenas quatro partidas pelo Chievo e fez dois gols.

Kerlon surgiu nas categorias de base do Cruzeiro como grande promessa e subiu à equipe profissional em 2005, depois de terminar como artilheiro e melhor jogador do Sul-Americano Sub-17 daquele ano, na Venezuela.

No entanto, uma grave lesão no tornozelo esquerdo o afastou dos gramados por sete meses. Quando ele começava a se recuperar, acabou rompendo o ligamento cruzado anterior do joelho direito e ficou mais sete meses inativo.

Em janeiro de 2008, uma nova lesão no joelho esquerdo fez Kerlon voltar à sala de cirurgia e operação foi feita na Itália. Em agosto ele acabou transferindo ao Chievo pelo empresário Mino Raiola, que comprou 80% de seu passe.


Cruzeiro 3 x 1 Grêmio

June 25, 2009

cruzeiro

Realmente meu amigo Rubens Crippa Junior tinha toda razão!

O cruzeiro é uma equipe bem montada, tem um treinador em ascensão e um esquema tático definido. Não há dúvida que junto do Estudiantes de La Plata, o time é um favoritos para ir a final da libertadores. Prova disso, ontem!

O time obedece taticamente exatamente o que Adilson Batista pede, e figurinhas como Wellington Paulista (que quase foi moeda de troca com o flamengo) tem condições de reaparecer com um time bem montado assim, da gosto de ver o Time Celeste jogar!

Quero ressaltar aqui o Kleber! Se ele conseguir ser menos briguento, com certeza mereceria um lugar na Seleção. Ontem acompanhei alguns lances dele e o cara sabe como jogar bola! Desde a época do Palmeiras esse menino vem mostrando que tem muito talento e tem que ser aproveitado, será que ele não seria uma boa opção para o lugar do Robinho, que é muito firulento?

O Grêmio se assusta, não sei, mas ontem me deu a nítida impressão que o time gaúcho não tem mais aquela “garra” como o time era conhecido em tempos de Felipão e Mano Menezes, hoje é um time mais técnico, que cadencia o jogo e procura envolver o adversário. Foi completamente envolvido pelo clube celeste, tentou algumas vezes sair pelas laterais mas sempre acabava caindo pelo meio, pois os laterais do Cruzeiro fecharam muito bem o jogo. Paulo Autuori levou um banho tático de Adilson Batista e vai para Porto Alegre com a missão de fazer 2 gols! Nada impossível, mas difícil, exemplo claro….o São Paulo…

Semana que vem tem mais um capitulo da Libertadores e o Cruzeiro é franco favorito a vencer a competição este ano, na minha opinião, este time vai longe!